Quinta-feira, 7 de Janeiro de 2016
07.01.2016 - Por Fora de Série, às 13:20

q3_praia_adraga_1.jpg

 

Com o mar aos pés, num dos quartos com nome de praia, é o que propõe o Saint Francis Lodge, situado na Azóia, a caminho do cabo da Roca, em Sintra.

É apoiado num centenário moinho restaurado que se desenvolve o Saint Francis Lodge. Uma estalagem com sete quartos duplos com casa de banho privativa, seis dos quais - com nomes de praias das redondezas, Guincho, Adraga, Ursa, Grande, Pequena e Maçãs – são comunicantes para um pátio à volta do Moinho, que é também um quarto. Comum a todos é a magnânima paisagem que os envolve: um mar azul que se deleita até à linha do horizonte e o ondulado verde do Parque Natural de Sintra-Cascais. No caminho que leva ao ponto mais ocidental da Europa, o Cabo da Roca, ladeado pelas praias do Guincho e a da Adraga - considerada pela estação de televisão CNN como uma das melhores da Europa e a melhor de Portugal, pelo jornal britânicos The Guardian.

 

DSC_2393_bx.jpg

 

Um espaço ‘hippie-chic’, com as comodidades de um hotel e a tranquilidade de uma casa de família, que dispõe ainda de uma cozinha, sala de jantar com lareira, casa de banho de apoio e uma sala de estar que dá para um jardim com piscina, com vista para a praia do Guincho. Lá fora há uma mesa de refeições e cadeiras de apoio.

Aberto desde a última quinzena de Junho passado tem Rodrigo Moita de Deus como sócio maioritário, em conjunto com o irmão Francisco Vasconcelos, responsável também pelo projecto e decoração do espaço e que conta que o Saint Francis Lodge “já recebeu hóspedes de vários cantos do mundo, desde a Austrália à Nova Zelândia, dos Estados Unidos à China, do Canadá à Rússia, e de outros países do mundo”.

 

P1010391_bx.jpg

 

O Saint Francis pode ser alugado à noite, à semana ou o ‘lodge’ por inteiro. Mais informações em http://www.saintfrancislodge.com e reservas através do email reservations@saintfrancislodge.com. CSB (fotos de Afonso Azevedo Neves)

 

 

 




Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2015
28.12.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

Pititi.-Arte-na-rua.jpg

 

 

As obras do Museu Nacional de Arte Antiga, expostas nas ruas de Lisboa, vão a leilão no Dia de Reis.  

O leilão organizado pelo Palácio do Correio Velho levará à praça as reproduções das obras-primas do Museu Nacional de Arte Antiga, exibidas nas ruas de Lisboa, durante a iniciativa “ComingOut” – um total de 31 quadros expostos nas zonas do Chiado, Bairro Alto e Príncipe Real. Integrado no projecto “Vamos pôr o Sequeira no Lugar Certo”, o leilão pretende angariar fundos para a compra da pintura “A Adoração dos Magos”, do português Domingos António de Sequeira (1768-1837), um importante testemunho da História da Arte Portuguesa.  

Um total de 23 obras e, eventualmente, também as quatro que foram levadas para o Laranjeiro, uma história que ficou conhecida como “Robin das Artes”, poderão ser vistas em exposição no Palácio do Correio Velho, de 5 a 8 de Janeiro, das 10h às 13h30 e das 14h30 às 18h30. O preço base de licitação de cada quadro é de 100 euros (foto de António Mendes). CSB




Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2015
23.12.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

Eventos-Hendrick's-(1).jpg

 

Se ainda não tem onde passar o Réveillon, a Hendrick's propõe que mude de ano na companhia da Illusionary New Year's Night.

Para quem dispensa festas tradicionais aprumadas, a conhecida marca de Gin prepara uma animada e bizarra comemoração, ao jeito de todos os eventos Hendrick’s. É no Palácio Foz, nos Restauradores, em Lisboa, onde os convidados serão recebidos com um cocktail Hendrick’s, às 20h. Segue-se um opíparo jantar temático, organizado pelo ‘chef’ Hugo Brito. Depois, terá início o  Illusionary Odd Ball, um espectáculo artístico de características peculiares, ao género dos que a marca de gin costuma apresentar. As Damas e os Cavalheiros serão convidados a juntar-se aos ilustres figurantes, ao som da orquestra Hendrick's. A noite será acompanhada por música seleccionada por um ‘Dj’, enquanto em locais específicos do Palácio, decorrerão ‘mini-happenings’ com surpresas, ‘performances’ e muitos momentos insólitos. À meia-noite será servido um ‘cocktail’ especial e terá início um espectáculo que também promete surpreender.

O jantar temático com noite de animação até às 4h tem um custo de 120 euros e está limitado a 150 pessoas; a Illusionary Ball, com direito a dois Gin Hendrick’s, tem um preço de 30 euros. As reservas podem ser feitas através do site www.hendricksillusionarynewyearsnight.pt. CSB




Terça-feira, 22 de Dezembro de 2015
22.12.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

5.jpg

A Loja das Conservas acaba de lançar a primeira máquina de venda automática de conservas de peixe.

Produtos bandeira como atum e sardinha (simples e com molhos, com ou sem acompanhamento) ou bacalhau, cavala, lulas recheadas, mexilhão e enguia farão parte dos enlatados disponíveis. Mas as máquinas terão também disponíveis tostas (resultado de um parceria com o famoso Pão do Rogil) e até mesmo talheres e guardanapos.  

O projecto pioneiro - que segue uma filosofia de alimentação saudável a preços acessíveis (entre um e três euros), nomeadamente nos almoços no local de trabalho e na promoção da indústria nacional secular – será instalado em empresas com mais de 300 funcionários.

Aberta desde 2013 na Rua do Arsenal, em Lisboa, a Loja das Conservas saltou fronteiras em 2014 com ‘corners’ em Paris, Varsóvia e Viena de Áustria. Já este ano, abriu uma nova loja em Lisboa, na Praça das Flores, e também quiosques de Norte a Sul do país. Remata 2015 com a estreia mundial da venda de conservas em máquina automática.

A Poveira, Belamar, Bom Petisco, Briosa, Cofisa, Comur, Conserveira do Sul, ESIP, Expoconser, Gondola, Luças, Marina, Pinhais, Portugal Norte, Ramirez, Santa Catarina e Vianapesca são as empresas presentes na Loja, em representação de uma indústria com mais de 160 anos de história, 21 fábricas activas, que emprega mais de 3.500 pessoas e cuja produção é exportada entre 60 a 95%.  




Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2015
18.12.2015 - Por Fora de Série, às 13:15

Pérola.jpg

 

Olivier acaba de abrir um novo espaço em Lisboa: o Yakuza First Floor.

Ao Guilty, Avenida Olivier,  K.O.B., Petit Palais (todos em Lisboa), Praia (em S. João da Caparica) e Reserva by Olivier (na Baía de Cascais), o ‘restaurateur’ e ‘chef’ Olivier soma mais um restaurante. O Yakuza Firts Floor fica no primeiro andar do número 231, na Rua da Escola Politécnica.

Às duas salas com recantos e uma outra com um balcão a envolver o sushi bar - que permite ver a preparação dos pratos –, completadas por um jardim oriental, junta-se uma carta de inspiração japonesa da responsabilidade dos ‘sushimen’ Agnaldo Ferreira e Alexandre Hatano, sob a supervisão de Olivier.

Sugestões de entradas como salada Yakuza, miso ou gyoza jikasei; a que se segue uma variedade de sushi e sashimi, robata, gunkans, makizushi, tempura e massas. No campo das sobremesas, as apostas viram-se para Arroz de cocô, ananás e gengibre, Creme queimado de jasmim, manga e sasho ou Gelado japonês.

De terça a domingo, das 12h30 às 15h e das 20h às 24h; sábados, das 20h às 24h. Reservas através do telefone: 934000913 ou do email: yakuzafirstfloor@olivier.pt. CSB

 

sushi-bar.jpg

 

 

 




Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2015
16.12.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

Origem.jpg

 

The Chocolate by Penha Longa é uma nova marca portuguesa criada por um pasteleiro do ‘resort’ de luxo, em parceria com os conceituados chocolates belga Callebaut.

Um ano depois de ter surgido a ideia e do trabalho desenvolvido com a afamada marca de chocolates belgas Callebaut, Gabriel Campino, ‘sub-chef’ pasteleiro do Penha Longa Resort, lança The Chocolate by Penha Longa. Com uma base de 68% cacau originário das florestas tropicais do México e de Cuba – tratado de acordo com as técnicas ancestrais de secagem, fermentação e moagem – e com a manteiga de cacau como única gordura, a gama apresenta um aroma floral e frutado. Encontram-se disponíveis em seis versões: Origens, Árabe, Ardens, Trópico, Sweet Mango e Nozes.

O primeiro, em versão tablete simples de chocolate negro; o segundo, inspirado na sala árabe do Mosteiro da Penha Longa, recheado com ‘ganache’ de canela e cardamomo. Segue-se o Ardens, a evocar os aromas do jardim que envolvem o ‘resort’, com ‘ganache’ de hortelã da ribeira e tomilho. O Trópico inclui pepitas de mel e maracujá crocante, enquanto o Sweet Mango é um tributo às frutas Caribenhas e, por isso, recheado com ‘ganache’ de manga. O Nozes faz parte da linha sazonal e é dedicado ao Outono: o praliné de noz dos bombons evoca os tons e sabores da estação.

Os chocolates estão à venda ao público - e algumas variedades são oferecidos aos hóspedes durante as estadias. Para mais informações contactar através do telefone 21.9249011 ou do email resort.penhalonga@penhalonga.com. CSB

 

Árabe-2.jpg

 

 

 

Tags:



Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2015
14.12.2015 - Por Fora de Série, às 16:08

27112015-_DSC8394-Modifier-20.jpg

 

A Blancpain, marca suíça especializada em relógios de mergulho, acaba de anunciar um novo projecto de exploração subaquática, desta vez na região da Antártida.

Inserida no âmbito do Projecto Gombessa, uma parceria que desde 2013 associa esta manufactura relojoeira ao mergulhador e naturalista francês Laurent Ballesta, esta expedição, que recebeu o nome de Gombessa III, pretende ainda ser a componente subaquática de um projecto mais amplo, o Wild-Touch Expeditions-Antarctica, dirigido pelo realizador francês Luc Jacquet que, em 2006, recebeu o Oscar pelo melhor documentário com o filme “A Marcha dos Pinguins” – sobre o invulgar processo de reprodução do pinguim imperador. O objectivo é que esta expedição venha dar um contributo significativo para os estudos sobre o impacto do aquecimento climático nesta região polar.

 

20112015-_DSC4778-77.jpg

 

Importa recordar que esta expedição surge na sequência de duas iniciativas similares, o projecto Gombessa I, que em 2013 partiu para a África do Sul em busca do celacanto, um animal mítico redescoberto em 1938 depois de se julgar extinto há mais de 70 milhões de anos, e o projecto Gombessa II que o ano passado rumou ao sul do Pacífico para estudar as garoupas marmoreadas ao redor de Fakarava, um atol da Polinésia Francesa. Agora, a Laurent Ballesta e ao fotógrafo Vincent Munier vêm juntar-se Luc Jacquet e toda uma equipa artística, técnica e científica para a nova aventura antártica. A expedição pode ser seguida a par e passo em versão blogue-vídeo através do site Blancpain Ocean Commitment, que reúne todas as parcerias e projectos da Blancpain na área dos oceanos. IQ

 

18112015-_DSC2704-51.jpg




Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2015
11.12.2015 - Por Fora de Série, às 15:41

15_Hurricane_XLIX_For_Web.jpg

 

O Billboard Project leva a arte à rua, democratizando-a, porque nem todos têm a possibilidade de a ver em Galerias e Museus. É a arte exposta em ‘outdoors’. Mais precisamente, originais de artistas contemporâneos como Clifford Ross, Jeff Koons, William Wegman, Andrea Robbins, Gilbert&George, Max Becher e Lawrence Beck. 

Clifford Ross é o artista que estará respresentado, de 12 de Dezembro a 26 de Fevereiro, na Avenida AEP, Junto ao Nó de Francos, no Porto. Com trabalhos em várias áreas, como a pintura, a escultura e a fotografia, tornou-se notado com uma série de imagens de ondas a preto e branco (foto acima) e em grande escala, “Hurricane”, tiradas pelo artista enquanto estava preso por uma corda. O artista norte-americano tem obras expostas no MoMa e no Museu Guggenheim, em Nova Iorque, Museu de Filadélfia, Museu de Arte Moderna de Paris e também em outros espaços museológicos e galerias na Europa, Brasil e China.

Depois desta cidade, o projecto viajará para outras paragens portuguesas, como Lisboa, Porto (novamente) e Faro, onde ficará até 13 de Novembro do próximo ano. CSB




Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2015
10.12.2015 - Por Fora de Série, às 17:32

 

Box-aberta---LD.jpg

 

É um luxo. A Premium Mixer Box da Schweppes apresenta-se com uma caixa de madeira ‘wengue’ recheada com 10 garrafas Premium Mixer - a gama mais elevada de águas tónicas da marca -, três frascos com botânicos, uma colher de bar, um medidor e um abre-garrafas.

Porque há tradições que se renovam, mesmo no Natal, como acompanhar a quadra com gin tónico, ou surpreender um amigo com a oferta da Premium Mixer Box. À venda nos principais híper e supermercados por 30 euros. CSB

 

Tags:



10.12.2015 - Por Fora de Série, às 13:24

IMG_2738.jpg

 

Aconchegado numa esquina da bairrista Madragoa, o Mô convida a degustar petiscos algarvios de inspiração "moderno-montanheiro". Para este Natal, o restaurante-petiscaria está disponível para reservas de empresas ou grupos de amigos, ao almoço, possibilitando o exclusivo usufruto do espaço a um grupo, mínimo de 10 pessoas e máximo de 30 (a capacidade do espaço).   

 

IMG_2754.jpg

 

Para tal, disponibiliza dois menus: A “Bucha de Natal” mais económica, por 14,50 euros, que inclui pão, manteiga, azeitonas; Salada de estupeta; Ovos em tomada; Massada de peixe; Franguinho cerejado e, para sobremesa, Tábua sortida. Ou uma outra com um custo de 20 euros, por pessoa, com a mesma composição, a que acrescem vinhos brancos e tintos Casa Ermelinda de Freitas, águas, refrigerantes e café à descrição.

 

IMG_2694.JPG

Na Rua das Madres, número 2, de segunda a sábado, das 18h às 24h para jantares à carta. Para reservas de almoço contactar através do telefone 213900420 ou mopetiscos@gmail.com. CSB




Segunda-feira, 7 de Dezembro de 2015
07.12.2015 - Por Fora de Série, às 16:24

605.jpg

 

Uma escultura equestre em prata que representa o 1º Duque de Wellington vai a leilão.

O exemplar que ilustra o Marquês do Douro e ostenta marcas de Robert Garrard – o joalheiro da coroa inglesa - é uma das peças que vai à praça pela mão da Veritas Art Auctioneers, nos dias 9 e 10 de Dezembro. Existem exemplares em bronze, pertença de colecções particulares, mas é muito raro que em prata cheguem ao conhecimento geral. A peça reveste-se de grande valor, sobretudo porque um dos exemplares decorava o ‘sideboard’ de Apsley House - o Palácio de Wellington, em Londres, que é hoje um Museu - e era colocada na grande mesa do célebre Waterloo Banquet, até 1851.

Outras peças a merecer destaque pela raridade são um Par de Jarrões "Soldado", um Aquário em Porcelana da China, Companhia das Índias, e uma importante Chaleira D. José de João Coelho Sampaio.

As peças estarão em exposição na Av. Elias Garcia, 157A/B, Lisboa, até dia 8, das 10h às 21h. Poderá ser vista também em www.veritasleiloes.com onde figuram os 719 lotes que compõem o catálogo do leilão Antiguidades e Obras de Arte, Pratas e Jóias. CSB




Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2015
04.12.2015 - Por Fora de Série, às 13:00

Meet-the-Maker.jpg

 

“A costumização como um novo luxo em Portugal” é o tema do primeiro “Meet the Maker”. Uma iniciativa que vai reunir marcas do Porto, numa partilha de experiências com o público.  

Topázio, My Swear e Atelier des Créateurs são as primeiras empresas participantes, já no próximo sábado, dia 5 de Dezembro. Promovida pela Porto Fashion Makers, a iniciativa reunirá, em cada edição, três marcas portuguesas de diferentes áreas e dimensões económicas, numa partilha de experiências e opiniões onde o público participante é convidado a intervir.

Este primeiro “Meet the Maker” decorrerá na fábrica da Topázio, em Gondomar, e vai dar a conhecer o espaço de produção da centenária marca da arte de trabalhar a prata. O almoço está incluído – o evento decorre entre as 10h e as 15h – e será preparado pela ‘chef’ Filipa Cardoso, do projecto Diospiro, que participará também no debate de ideias.  

Denominador comum às três marcas é a capacidade de costumização dos artigos que produzem. A Topázio, fruto do vasto número moldes e da experiência e especialização dos seus artesãos, é procurada por marcas internacionais para produções personalizadas. A My Swear, marca de calçado, disponibiliza 60 personalizações de luxo, graças a uma tecnologia 3D que permite uma visualização e escolha online (a venda é exclusiva através da Farfetch). Quanto ao Atelier des Créateurs, trata de alfaiataria tradicional associada às mais recentes tecnologias. Neste alfaiate a qualidade e a exigência sobrepõe-se a tudo, ao ponto de ser dada resposta à exigência mais extravagante.  

A participação obriga a inscrição prévia através do email info@portofashionmakers.com e tem um custo de 35 euros por pessoa, com o almoço incluído. CSB

 

 




Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2015
03.12.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

 

Conrad-Spa_exterior.jpg

 

O Conrad Algarve soma mais dois prémios: “Five Star Diamond Award 2015” e “Luxury Stylish Retreat of the Year”.

O “Melhor Resort & Spa da Europa” de 2015 (também de 2014 e 2013) e “Melhor Resort de Luxo do Mundo” (em 2013) dos óscares da indústria do turismo, os World Travel Awards, acaba de ganhar mais dois prémios. Falamos do Conrad Algrave e da distinção de melhor “Luxury Stylish Retreat of the Year” do conceituado guia britânico Luxury Travel Guide. Apurado de uma votação inicial online, por clientes e subscritores, que dá depois lugar à escolha final por um júri de profissionais do sector. E o “Five Star Diamond Award 2015” – atribuído pela American Academy of Hospitality Sciences, reconhecida mundialmente por eleger a excelência no segmento de turismo e viagens de luxo – ao restaurante Gusto by Heinz Beck, liderado pelo ‘chef’ três estrelas Michelin.

No Gusto, o ‘chef’ alemão oferece uma cozinha mediterrânica, envolvida por uma decoração de inspiração e design nórdico. Recorde-se que Heinz Beck lidera o restaurante com três estrelas Michelin La Pergola, em Roma, entre outros.

Quanto ao prémio do guia britânico, distingue o ambiente sofisticado e exclusivo da Quinta do Lago, a geografia de proximidade com a praia e o Parque Natural da Ria Formosa. E o spa, que inclui terapias holísticas que combinam meditação e relaxamento. Exemplo da “Essential Oxigen Teraphy” - uma técnica inovadora para desintoxicar o sistema venoso – e a “Conrad Fire & Ice”, um tratamento com recurso a elementos naturais extraídos localmente da terra e do mar. CSB

 

Chef-Heinz-Beck.jpg

 

 

 

 

 




Segunda-feira, 30 de Novembro de 2015
30.11.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

Foto2.jpg

 

O Thai Food traz os sabores e a cultura da Tailândia ao Tivoli Lisboa, de 3 a 12 de Dezembro.

No Terraço, na Brasserie Flo e no Tivoli Caffè, na Avenida da Liberdade, do pequeno-almoço ao jantar, as mesas estarão reservadas aos paladares da Tailândia. Uma equipa de cozinheiros tailandeses liderada pelo ‘chef’ executivo do Anantara Golden Triangle Elephant Camp & Resort, Paitoon Surawongpaiboon, apresentará pratos diferentes a cada dia e outros à carta. Mas a experiência alarga-se a momentos como degustações de chás e ‘Spice spoons’ – ‘workshops’ de culinária tradicional do país, que vão à origem de ingredientes indígenas e desvendam técnicas tradicionais desta cozinha.

Há ainda a possibilidade de experimentar um menu de degustação. O jantar arranca com um ‘amuse bouche’ Ka – Nom – Jeen – Nam – Ya (Noodle de arroz com atum, “galanga” selvagem, espuma de caril, rebentos de soja e basílico), seguido de Yum – Lobster (Lagosta canadiana com toranja, abacate, manga e chili frito, molho de chalotas e alho). Para preparar o palato segue-se uma ‘granata’ de Flor de rosela e gengibre. Depois terá de ser tomada a decisão entre um prato de peixe Pla Phad Khuen Chai (Filete de robalo frito com aipo chinês, gengibre, pasta de soja e whisky, com arroz de jasmim castanho), ou de carne Paneang curry (Costeletas de Borrego com pequena redução de caril, folha de lima Kaffir e coco, arroz de jasmim). A rematar, Bua Loy Kai Whan (Bolinha de arroz pegajoso com calda de coco e ovo a 65 graus). Este jantar tem um custo de 45 euros por pessoa (sem bebidas) e carece de reserva prévia através do telefone: 213 198 934, ou do email: reservas.terraco@tivolihotels.com

O Thai Food é organizado em parceria com a Embaixada da Tailândia e a cadeia hoteleira internacional Anantara Hotels & Resorts. CSB

 

Foto3.jpg

 

 

 

 

 




Sexta-feira, 27 de Novembro de 2015
27.11.2015 - Por Fora de Série, às 13:03

 

Ferreira-Vintage-1815_Luxury-Awards_omdesign.jpg

 

 

Uma caixa de luxo da Porto Ferreira acaba de ganhar a medalha de ouro, na categoria de ‘packaging’, nos “The World Luxury Awards”.

Ao lado de grandes referências internacionais do luxo, como Hermès, Cartier, Gucci, Dior, Valentino, Emirates, Lamborghini, e outras, a Porto Ferreira acaba de atingir o topo da competição que premeia a excelência criativa internacional. A cerimónia que decorreu em Monte Carlo, no Mónaco, avaliou projectos oriundos de 28 países.  

O contador da Porto Ferreira foi produzido à mãos por artesãos portugueses, em madeira exótica com pormenores em pele e prata. Concebido pela Omdesign, esta edição exclusiva que alberga 200 anos de história da marca de Vinho do Porto, com o lançamento de Vintages como os de 1947, 1952, 1985, 1994 e 1997, foi apresentada num leilão da Sotheby’s, na Torre de Londres, em Maio deste ano, a propósito das comemorações da Batalha de Waterloo. Evento onde o mais antigo vinho da colecção de Vintages da marca, o Porto Ferreira Vintage 1815 (data da célebre Batalha), foi licitado por 6.900 euros. O montante foi doado a uma instituição de caridade, numa homenagem ao espirito filantrópico de Dona Adelaide Ferreira, a visionária impulsionadora destes vinhos e da região do Douro. CSB