Sábado, 25 de Outubro de 2014
25.10.2014 - Por Fora de Série, às 11:32

fachada.gif

 

Vinte anos após a criação da marca, a Fly London abre uma loja em Nova Iorque. Depois de Londres, Dublin, Copenhaga, Lisboa e Porto, chega a vez de Manhattan. A sétima loja da Fly fica no número 375 da Bleecker Street, no Bairro de Greenwich Village, conhecido pelo espirito boémio e cultural. Com 60 metros quadrados de área e uma decoração minimalista, a loja apresenta calçado masculino e feminino e acessórios como carteiras e os óculos de sol. CSB

 

10-09-14_FlyLondonNYC_03.gif

 

 

Tags:



Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014
24.10.2014 - Por Fora de Série, às 17:13

PUIG_TORRE-PUIG_BARCELONA_1_CHRISTOPHE-NAUDIN.jpg

 

Cem anos de vida merecem uma celebração que fique na memória. Foi exactamente isso o que pensou o grupo catalão Puig que, este ano, comemora o seu primeiro centenário. A história da marca, contamo-la na reportagem “Uma história catalã”, publicada na Fora de Série de 3 de Outubro. Uma história viva, cheia de peripécias e tão rica que, naturalmente, nos levou a deixar de fora as festividades do século. Mas guardámos uma delas para o blogue.

É que a Puig tem, desde Abril, uma nova sede em Barcelona, construída de raiz para acolher os escritórios deste grupo internacional e inaugurada, oportunamente, no ano do centenário. Situado na Plaza Europa, um epicentro económico da capital catalã, o novo edifício é um projecto do arquitecto espanhol Rafael Moneo, vencedor do prémio Pritzker em 1996. Trata-se de uma torre imponente, de 23 andares, uma estrutura metálica coberta de vidro, de 100 metros de altura (tantos quantos os anos que celebra a empresa) a ocupar uma superfície de 15 mil metros quadrados, cuja transparência oferece uma longa vista a perder de vista sobre a cidade e sobre o futuro. Tinha que ser assim. E, porque também assim tinha que ser, o novo edifício, cuja inauguração em Abril passado contou com a presença dos reis de Espanha Felipe e Letizia, está rodeado por um jardim mediterrânico onde, naturalmente, abunda a lavanda – numa clara alusão a um dos perfumes mais icónicos da Puig, a “Agua Lavanda”, lançado em 1939.

Foi há precisamente cem anos que Antonio Puig Castelló decidiu dar o seu nome a uma pequena empresa especializada em cosmética e perfumes, indiferente aos ventos de guerra que assolavam então a Europa. Homem de perseverança inabalável, soube sempre fazer frente às múltiplas partidas que o destino lhe pregou e traçar em linha recta o destino da sua empresa. Este mesmo empenho, soube transmiti-lo aos filhos e aos netos.  Hoje na terceira geração, a Puig é um grande grupo internacional, presente em mais de 140 países e ligado não apenas à cosmética e à perfumaria, mas também à moda, do qual fazem parte marcas como a Paco Rabanne, Nina Ricci, Carolina Herrera ou Jean Paul Gaultier.

Em 2013, a Puig registou um volume de vendas líquido de 1,5 mil milhões de euros – um valor que, por lapso nosso, publicámos com erro na edição de 3 de Outubro da Fora de Série. Pelo facto pedimos desculpa e deixamos aqui a informação correcta. IQ




24.10.2014 - Por Fora de Série, às 14:30

RestauranteValleFlôr.gif

 

 

Está em primeiro lugar da lista dos 10 melhores restaurantes e oferece uma “experiência gastronómica única”, diz a "Ealuxe", revista ‘on-line’ dedicada ao luxo. É ao restaurante Valle Flôr, no Pestana Palace Hotel & National Monument, em Lisboa, que a publicação internacional se refere. Mas todo o hotel merece elogios, tal como "uma decoração de tirar o fôlego", como considera a revista que conta com mais de 250 mil visitas por mês. 

Situado no Alto de Santo Amaro, o antigo Palácio de Valle Flôr dispõe de 174 quartos, 134 ‘suites’ e quatro ‘suites’ reais que conservam os frescos românticos de influência francesa e móveis Luís XV. Eleito o melhor hotel de cinco estrelas em Portugal nos “World Travel Awards”, na lista de hóspedes constam famosos como Madonna, Prince ou a família real espanhola. E se o hotel já merecia destaque, chega agora o reconhecimento do restaurante. CSB




Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014
22.10.2014 - Por Fora de Série, às 18:47

JM_CidadelaCascais_Pestana_136.gif

 

Há um hotel na Europa que é em simultâneo um Bairro das Artes. É a Pousada de Cascais, Historic Hotel & Art District e neste espaço único acaba de inaugurar a terceira edição do “Cidadela Art District”. Em exposição estão mais de 100 obras de cerca de 30 novos artistas de áreas como a fotografia, pintura, desenho e instalações. O projecto da responsabilidade do Grupo Pestana tem entrada livre e inclui exposições nas seis galerias de arte, nos‘open studio’ e intervenções artísticas na área do Forte, integradas no movimento “Pousada Take Over”. CSB

Tags:



Terça-feira, 21 de Outubro de 2014
21.10.2014 - Por Fora de Série, às 13:56

Oscar-de-la-Renta.jpg

 

Oscar de la Renta, o criador de moda norte-americano de origem dominicana, morreu aos 82 anos de idade, vitimado pelo cancro com que lutava há já vários anos, anunciou ontem o canal de televisão norte-americano ABC, citando um membro da família do designer.

Considerado um dos grandes nomes da moda do mundo e conhecido pelas suas criações românticas que encantaram tantas figuras públicas, de la Renta foi o designer eleito por primeiras-damas como Betty Ford, Nancy Reagan, Laura Bush ou Hillary Clinton, mas também por estrelas de Hollywood como Penelope Cruz, Nicole Kidman, Cameron Diaz ou Jessica Parker. Mais recentemente, foi ele quem assinou o vestido de casamento Amal Alamuddin, a actual Mrs. George Clooney.

Natural de Santo Domingo, na República Dominicana, Oscar de la Renta partiu para Madrid, aos 18 anos, com o objectivo de estudar pintura, mas depressa descobriu outra paixão. Os primeiros passos na moda deu-os como aprendiz de Cristobal Balenciaga, seguindo depois para Paris onde trabalhou primeiro na Dior e, depois, como assistente de Antonio Castillo, na Lanvin. Seguiu-se a Elizabeth Arden, em Nova Iorque. Um dia, pediram-lhe que vestisse Jaqueline Kennedy e lembrou-se que talvez não fosse má ideia lançar a sua própria marca. Fê-lo em 1965 e, quatro anos depois, pedia a nacionalidade norte-americana. O seu nome ficará para sempre ligado à moda deste país.

Oscar de la Renta apresentou ainda a sua colecção durante a última Semana de Moda de Nova Iorque e, entre as últimas decisões que tomou, destaca-se a contratação de Peter Copping como director criativo da sua marca. IQ




21.10.2014 - Por Fora de Série, às 11:59

8167182725_05fb5fe9b8_o.gif

 

Nove "Estrelas Michelin", a que se juntam mais sete ‘chefs’, compõem a orquestra do próximo Rota das Estrelas. Oriundos de Portugal, Espanha, França e Holanda, os dezasseis mestres da cozinha reunem-se nos dias 24 e 25 de Outubro, no Largo do Paço, em Amarante, para servir um jantar e, no dia a seguir, para um “Live Star Cooking” – onde serão ensinados os truques da confecção das iguarias que irão estar à prova. A animar a noite haverá também uma degustação de gins e música ao vivo.

Vitor Matos (Largo do Paço), Hans Neuner (Vila Vita Parc), Miguel Laffan (L'AND), Ricardo Costa (The Yeatman), Joachim Koerper (Eleven), João Rodrigues (Feitoria), Jean-Luc Rocha (Château Cordeillan Bages, França), Isaac Loya (Real Balneario de Salinas, Espanha) e Michel Van Der Kroft (‘t nonnetje, Holanda) são os 'chefs' Michelin; Henrique Sá Pessoa (Alma), Lisete Coelho (Largo do Paço), Sandro Meireles, Escola de Formação Turística e Hoteleira dos Açores), Paulo Morais (Everything About Sushi), Albano Lourenço (Quinta das Lágrimas), Hélio Loureiro (Consultor Culinário) e André Silva (Largo do Paço), os restantes convidados.

As reservas devem ser feitas através do site da BestTables. CSB




Segunda-feira, 20 de Outubro de 2014
20.10.2014 - Por Fora de Série, às 16:23

 

O que aconteceria se um dia levasse o seu filho ou filha de sete anos a almoçar num restaurante destacado pelo guia Michelin? Será que a criança estaria à altura do desafio? Ou, melhor ainda, será que as propostas gastronómicas do ‘chef’ iriam ao encontro das exigências infantis? Todos sabemos que as crianças são sempre exigentíssimas e que, quando insatisfeitas, não têm o menor pudor em atirar-nos à cara a verdade, por mais dura de ouvir que esta seja.

Foi a pensar nisto mesmo que a revista do “The New York Times” se lembrou de convidar seis pequenos críticos gastronómicos a provar as iguarias do ‘chef’ Daniel Boulud, no epónimo Daniel, um dos mais conceituados restaurantes nova-iorquinos. Com um menu de 220 dólares, em média (cerca de 170 euros), para qualquer adulto minimamente educado toda a possível crítica viria, sempre e necessariamente, amparada pelos devidos cuidados e respeitosa parcimónia. Mas as crianças não são assim.

“As crianças gostam de comida que conseguem identificar. O tempero tem que ser suave e simples”, explica Daniel Boulud. No entanto, a ideia aqui não era dar-lhes aquilo a que estavam habituadas, mas sim desafia-las a descobrir novos sabores e novas texturas. E, a avaliar pelo vídeo publicado pela revista, nem se pode dizer que a experiência tenha corrido muito mal... nem muito bem – se quisermos ser totalmente honestos. A ganhar ficou o bife (‘wagyu’, chamem-lhes parvos), as madalenas servidas à sobremesa e o cocktail não alcoólico da entrada que houve mesmo quem classificasse como “o único prato bom” do cardápio. Menos sorte tiveram o ‘hamachi’ fumado com caviar e os raviolis de peito de porco, que receberam comentários tão pouco favoráveis como “isto sabe a sabão! Porque é que eu estou a comer sabão?” ou, mais simplesmente ainda, um longo e sonoro “ughh!”, cuja tradução mais aproximada em português será qualquer coisa como “belheque!”

Críticas aparte – até porque não consta que o ‘chef’ Daniel Boulud tenha ficado muito sentido com as mesmas –, o filme é assinado pelo realizador Jeffrey Blitz (“Spellbound” e “Rocket Science”) e é absolutamente delicioso. IQ

Tags:



Domingo, 19 de Outubro de 2014
19.10.2014 - Por Fora de Série, às 12:00

L326_Lt183.gif

 

Um óleo de João Vaz está entre as peças mais importantes que vão à praça no Leilão de Antiguidades e Arte Moderna e Contemporânea e que tem uma particularidade: metade dos lotes será vendida ‘on-line’. Composto por 950 lotes, 462 podem ser adquiridos presencialmente. Destes destaca-se "Concertando a rede" ou Pescador na praia, um óleo sobre tela com assinatura de João Vaz, cuja base de licitação está nos 50 mil euros. Outro óleo sobre tela assinado por Menez e datado estará à venda a partir de 30 mil euros. Há também um conjunto de vidros, entre os quais uma jarra rara de grande dimensão em pasta de vidro, assinada Gallé, que tem uma base de 20 mil euros.

Da colecção fazem ainda parte porcelana chinesa e europeia, faiança, mobiliário português e estrangeiro, relógios e jóias, pratas e metal prateado, imagens em madeira e marfim, pintura portuguesa e estrangeira, moedas de ouro (portuguesas e estrangeiras), tapetes e esculturas em bronze. As peças podem ser vistas em exposição nos dias 19, das 15h às 20h, e 20, entre as 15h e as 19h e as 21h e 23h, no Palácio do Correio Velho. O leilão presencial decorrerá nos dias 21 e 22, às 21h; a sessão 'on-line' a partir das 10h, de dia 21, às 20h de dia 23, com 488 lotes. CSB

 

Tags:



Sexta-feira, 17 de Outubro de 2014
17.10.2014 - Por Fora de Série, às 19:30

LEVIS-BOX-FINAL-FULL-WOOD-BCKG_s.gif

 

Com peças tão icónicas como os 'jeans' 501's, as camisas Western e os casacos Trucker, a Levi's tem trabalhado, temporada a temporada, para acualizar esses modelos, apresentando versões actuais e irreverentes. Aproveitando a tendência da personalização das peças 'vintage', a marca passa a tocha aos clientes. Quem fizer compras iguais ou superiores a 150 euros nas lojas Levi's recebe agora um 'kit' para personalizar as suas peças de ganga. Pode rasgar, adornar ou desfiar à sua vontade. CLM




17.10.2014 - Por Fora de Série, às 18:30

10.gif

 

Em Novembro de 2011, Garrett McNamara pôs a Nazaré nas bocas do mundo, após surfar na praia do Norte a onda com 23,77 metros. Marca que o fez entrar no livro dos records do Guiness. Agora, a Corticeira Amorim em parceria com a Mercedes-Benz unem-se num projecto de desenvolvimento de uma prancha de surf inteiramente em cortiça portuguesa para o surfista havaiano. Além desta prancha, será fabricada uma outra a partir da espuma usada nas asas dos aviões - material que o próprio Garrett trouxe da Califórnia. Um projecto 100% nacional, que conta ainda com a Polen Surfboards, uma empresa portuguesa, claro, na concepção das duas novas pranchas que serão utilizadas nas ondas da Nazaré.

O “North Canyon Project by Garrett and team” está prestes a começar na Praia do Norte, entre este mês e Novembro de 2014, e conta com a participação de vários surfistas internacionais com vista a estabelecerem um novo recorde mundial. CSB

 

 




17.10.2014 - Por Fora de Série, às 17:50

Bremont_Wood_Set_Hero_New_Crop.gif

 

"Live with Chivalry", é a frase que está inscrita no fundo dos 12 relógios de edição limitada que a Bremont acaba de anunciar, em parceria com a marca de ‘whisky’ Chivas. Inspirados por uma visita à destilaria de Strathisla, os irmãos fundadores da marca relojoeira, Nick e Giles English, criaram uma peça de edição limitada, o relógio Bremont Chivalry. Com bracelete em pele de crocodilo e caixa em aço inoxidável, este incorpora, no fundo do relógio, um pedaço de carvalho utilizado na maturação de whiskies da Chivas e as assinaturas de James e John Chivas, também eles uma dupla de irmãos fundadores. Os 12 relógios de edição limitada vão ser leiloados em diferentes locais e todos os lucros vão reverter para instituições de caridade, sendo que um deles vai ser apresentado num leilão ‘online’, que vai decorrer entre 22 de Outubro e 9 de Novembro. CLM

 

CopperHeroRearCrop_small.gif




17.10.2014 - Por Fora de Série, às 16:42

10659320_640229076085621_6875995008173428388_n.gif

 

Por isso a Fora de Série dedica-lhe toda uma edição especial, hoje nas bancas com o Diário Económico.

Nesta edição o destaque vai para a própria indústria relojoeira, em particular a suíça. Com cada vez menos marcas de relógios importantes a continuarem independentes, e com a recente aquisição da manufactura Ulysse Nardin pelo grupo Kering, alguns observadores questionam-se sobre o futuro das marcas mais pequenas. Afinal, quem são os grandes grupos e qual o seu actual e futuro posicionamento nesta e noutras indústrias de luxo? Nesta edição damos também a conhecer a história da única grande manufactura tradicional ainda detida pelas famílias fundadoras, a Audemars Piguet.

 

destaaque.gif

 

Certamente, se vive na civilização moderna, terá ouvido falar na entrada da Apple numa nova categoria de produtos, a de ‘wearable technology’, com a apresentação do Apple Watch, que vai chegar às lojas no início de 2015. A indústria relojoeira, aparentemente, não ficou assustada. Mas será que tem pela frente uma Crise do Quartzo parte II para enfrentar?

A Fora de Série Especial Relógios coonta também com a contribuição de Fernando Correia de Oliveira, um dos mais conceituados especialistas mundiais em relojoaria.

Se é assinante da edição iPad do Diário Económico, não se esqueça de descarregar a Fora de Série, que oferece ainda uma colecção de vídeos que seleccionámos para si. Se ainda não é, o que espera para fazer parte deste clube selecto?




17.10.2014 - Por Fora de Série, às 12:55

 

Dos sapatos, ao pronto-a-vestir e à alta-costura, passando pela arquitectura, pela fotografia e pelo design, as disciplinas variam, a criatividade impera e o tema é um só: o monograma da Louis Vuitton.

“The Icon and the Iconoclasts”, a colecção que celebra o monograma criado em 1896 por Georges Vuitton, o filho do fundador da marca, já está nas lojas. À semelhança do que aconteceu em 1996, com a colecção inédita criada para a Louis Vuitton por Azzedine Alaia, Manolo Blahnik, Romeo Gigli, Helmut Lang, Isaac Mizrahi, Sybilla e Vivienne Westwood, o célebre ícone voltou, este ano, a ter direito a uma celebração especial. Uma colecção única criada por figuras icónicas de áreas tão distintas como são Christian Louboutin, Frank Gehry, Karl Lagerfeld, Marc Newson, Cindy Sherman e Rei Kawakubo. IQ

 

lv_1.jpg




Quinta-feira, 16 de Outubro de 2014
16.10.2014 - Por Fora de Série, às 15:50

80-siza_cx.gif

 

Esta é uma edição duplamente especial: um Moscatel Favaios 1980 com rótulo desenhado pelo Arquitecto Siza Vieira. Oriundo da região do Douro, o Favaios 1980 é um vinho resultante de uvas de qualidade excepcional, tratadas pelos métodos tradicionais da região. Daqui resulta um Moscatel com um aroma muito intenso, subtilmente cítrico, rico em aromas de noz, figos secos e cacau. As garrafas devem ser guardadas de pé, em local seco e fresco, evitando luz directa. E deve ser servido frio entre 12 e 13º. Depois de aberto, o vinho mantém as qualidades durante um mês. E está à venda em lojas ‘gourmet’ e na Adega de Favaios. CSB 

 

Tags:



16.10.2014 - Por Fora de Série, às 13:50

ANGELO-FLACCAVENTO.gif

 

Conhecido como um dos mais famosos ‘bloggers’ internacionais e também fotógrafo, Scott Schuman do “The Sartorialist”, foi convidado pelo Grupo Luxottica, líder mundial em óculos de luxo para realizar o projecto “Faces by The Sartorialist”, que está a percorrer várias capitais de moda como Nova Iorque, Milão, Rio de Janeiro, Xangai ou Paris. Schuman fotografa pessoas onde os óculos ocupam um lugar de destaque na criação do seu estilo e este trabalho pode ser acompanhado em www.facesbythesartorialist.com e no Instagram@facesbythesartorialist.com. Mas agora o projecto vai passar a contar ainda com a contribuição de uma série de personalidades, das mais diversas áreas criativas e diferentes nacionalidades. A honra de ser o primeiro coube a Angelo Flaccavento, um dos mais respeitados e criativos jornalistas de moda. Aqui Angelo revela a sua relação pessoal com os óculos mas mantém também várias conversas, com pessoas que têm um longo relacionamento com os óculos ou nem por isso, procurando assim captar a essência deste objecto de estilo. A não perder. CSB

 

Tags:




Recomendamos