Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2015
30.01.2015 - Por Fora de Série, às 17:03

Emilio Pomàrico Bruckner.jpg

O CCB prepara-se para receber a Orquestra Sinfónica Metropolitana, no próximo Domingo, dia 1 de Fevereiro, às 17h00.

Sob o comando do maestro Argentino Emilio Pomàrico, que já dirigiu muitas das mais notáveis orquestras europeias, a Orquestra Metropolitana irá tocar a Sinfonia nº8 em Dó Menor de Anton Bruckener (1824-96), também conhecida como “A Apocalíptica”. Uma peça que se distingue pela sua grandiosidade na obra do compositor austríaco, que, tal como Beethoven, compôs também nove sinfonias. Tocada pela primeira vez em 1892, em Viena, foi a sua última composição e a mais bem recebida. O concerto faz parte da temporada de 2014/15 da Orquestra Metropolitana, que se estende até ao Verão deste ano. No mês de Fevereiro pode assistir ainda a espectáculos como “O Barroco, o Galante e o Clássico”, no dia 6 de Fevereiro, pelos solistas da Metropolitana no Palácio da Foz, e “As Três Idades de Mozart”, no dia 21 de Fevereiro.

Os bilhetes para o concerto deste Domingo, a decorrer no grande auditório do CCB, variam entre os 5 e os 18 euros e estão à venda nos locais habituais. CLM

OSM.JPG

Tags:



Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2015
29.01.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

Penhaligon's-Boutique-inharbour-City_Hong-Kong.jpg

 

O grupo Puig acaba de anunciar a compra das marcas de perfumaria Penhaligon’s London e L’Artisan Parfumeur. A empresa catalã, que celebrou o ano passado o seu centenário e se assume actualmente como um grupo transversal às áreas de perfumaria, de cosmética e de moda fechou o negócio com a empresa de ‘private equity’ Fox Paine & Company, LLC, por um montante ainda não revelado.

Fundada em 1870, a Penhaligon’s London é uma das casas perfumistas britânicas mais prestigiadas, responsável pelo célebre “Blenheim Bouquet”, uma fragrância criada em 1902 para o Duque de Marlborough.

Mais recente, a L’Artisan Parfumeur foi fundada em 1976 em Paris e é conhecida pelo carácter simultaneamente artesanal e inovador dos seus perfumes.

As duas novas marcas do grupo Puig vêm engordar uma carteira já vasta e com um peso internacional, da qual fazem parte casas tão emblemáticas como a Paco Rabanne, Nina Ricci, Carolina Herrera ou Jean Paul Gaultier. IQ

 

L'Artisan-Parfumeur-Boutique-in-Paris_France.jpg

Tags:



Quarta-feira, 28 de Janeiro de 2015
28.01.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

__QUAY___Fotos___&__A20100305T215201_S_10_48_17_7_

A Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa (CVR Lisboa) seleccionou 25 vinhos para acompanhar os 11 filmes do programa “Cinema a copo” durante o Wine & Flavours Film Festival, que decorre entre hoje e sábado na Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa (EHTL).

O festival, uma iniciativa da EHTL que desafiou realizadores, nacionais e internacionais, a apresentarem filmes sobre os vinhos de Portugal, leva a competição várias curtas-metragens de ficção, animação e documentário concluídas entre 2010 e 2014. Os filmes a concurso serão avaliados por um júri composto pelo humorista Fernando Alvim, pelo crítico de vinhos e gastronomia Fernando Melo e pelo produtor e presidente da Academia Portuguesa de Cinema Paulo Trancoso. Os prémios para a melhor curta, nacional e internacional, serão conhecidos ainda hoje.

Competição à parte, a ementa do programa do Wine & Flavours Film Festival inclui ainda três jantares vínicos, vários debates, exposições e ainda as tais sessões de “Cinema a copo”, uma selecção de filmes a cargo do jornalista José Vieira Mendes, que serão projectados diariamente ao final da tarde e devidamente acompanhados pelos vinhos escolhidos pela CVR Lisboa. IQ




Terça-feira, 27 de Janeiro de 2015
27.01.2015 - Por Fora de Série, às 17:30

Lobster.jpg

 

Não será a primeira escolha para quem viaja a partir de Portugal, mas qualquer frequent flyer que se preze conhece bem (ou deseja conhecer) a Cathay Pacific Airways, ou não fosse esta companhia de aviação originária de Hong Kong considerada uma das melhores do mundo. O mesmo acontece com Mandarin Oriental, cadeia de hotéis, também sedeada em Hong Kong, que é um ícone de luxo e de serviço, conhecida pela excelência dos seus restaurantes por todo o mundo. As duas empresas selaram recentemente um acordo para a elaboração de requintados menus que serão servidos aos passageiros de primeira classe nos voos da Cathay entre Hong Kong, Londres, Paris, Nova Iorque, São Francisco, Tóquio e Boston, cidades onde a Mandarin Oriental possui unidades hoteleiras. A ideia é que o chef responsável pelas cozinhas locais expresse a sua paixão pela cultura culinária da cidade que representa, sem esquecer o habitual toque asiático. Na primeira selecção de pratos encontram-se os menus de Inverno dos conceituados chefs Thierry Marx, do MO Paris, Uwe Opocensky, do MO Hong Kong, e de Christian Pratsch, do MO de Nova Iorque.

Agora é só uma questão de reservar uma viagem para breve… Catarina Palma

Mushroom.JPG

 




27.01.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

BR03-92-Festival-Automobile - l.png

 A Bell & Ross acaba de lançar um relógio exclusivo, limitado a 30 peças, para celebrar os 30 anos do Festival Internacional do Automóvel, de Paris.

 O “BR03 Festival Automobile International” baseia-se na versão 92, em aço, do icónico modelo BR 03, com caixa de 42 mm e data às quatro e meia. O aço é revestido a PVD para dar um acabamento preto mate, ligando à bracelete em borracha, preta também. Salta à vista o vermelho brilhante do ponteiro dos segundos e o logo do festival, às seis horas.

O Festival Automóvel Internacional de Paris, que se realiza todos os anos por esta altura no majestoso cenário do Hôtel des Invalides, não é o típico salão automóvel. Mais do que uma montra – estão poucas viaturas expostas – aqui procura-se homenagear a beleza do design automóvel e tudo o que lhe está associado. Assim, a concurso estão o mais belo automóvel do ano, o mais belo superdesportivo do ano (podem não ser o mesmo) ou o melhor ‘concept car’ do ano; para além de outros prémios como o melhor design interior, o melhor anúncio ou a melhor contribuição para o ambiente.

Bell & Ross BR 03 Festival Automobile Internationa

 Já a ligação da Bell & Ross ao festival tem tanto de longa como de profícua. Ainda o ano passado foi o local escolhido pela marca de relógios para apresentar a sua B-Rocket, uma moto conceptual, misto de avião, e cabe, este ano como em edições anteriores, a Carlos Rossilho, CEO da marca, a honra de apresentar a Palma de Ouro. Por isto esta edição especial tem tanto de simples como de genuína.

O “BR03 Festival Automobile International”, movimento automático, limitado a 30 unidades, está disponível apenas no salão ou na e-boutique da Bell & Ross, por um preço de 3 200 euros. A partir de hoje, data da inauguração do festival. BL




Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2015
26.01.2015 - Por Fora de Série, às 17:30

COFFEE_B2C_DECAFFEINATO_CAPSULES_ARPEGGIODECAFFEIN

 

Criar um descafeinado que não saiba a descafeinado ou, melhor ainda, um descafeinado que saiba realmente a café é um desafio para qualquer boa marca da especialidade. Um desafio que a Nespresso acaba de levar ainda mais longe ao lançar uma versão descafeinada para três dos seus ‘Grands Crus’ com maior saída: “Arpeggio”, “Volluto” e “Vivalto Lungo”.

 

COFFEE_B2C_DECAFFEINATO_CAPSULES_VIVALTOLUNGODECAF

 

A ideia foi a de oferecer uma experiência semelhante, em gosto e aroma, à dos cafés originais, mas numa versão sem cafeína. Uma espécie de ‘alter ego’ que pode ser consumido a qualquer hora do dia ou da noite e sem quaisquer restrições. A receita passa pelo próprio método de descafeinização, um processo o mais natural possível, que consiste em passar o café verde (antes da torrefação) por várias águas até à dissolução da cafeína, respeitando assim as notas aromáticas do café.

 

COFFEE_B2C_DECAFFEINATO_CAPSULES_VOLLUTODECAFFEINA

 

A nova gama de ‘Grands Crus’ descafeinados está já disponível nas Boutiques Nespresso, no site ou através da aplicação móvel da marca. E, para evitar confusões, as cápsulas são exactamente da mesma cor que as originais, distinguindo-se as versões descafeinadas por uma pequena pinta encarnada no topo das mesmas. IQ

Tags:



26.01.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

obsession chefs portugal.jpg

 Um dos mais prestigiados festivais gastronómicos do mundo, o “Obsession”,  em Inglaterra, vai ter uma noite dedicada a Portugal. Recheada de estrelas.

José Avillez (Belcanto), Miguel Laffan (L’AND), Vítor Matos (Casa da Calçada), Dieter Koschina e Matteo Ferrantino (Vila Joya) vão estar todos juntos no hotel Northcote, Lancashire, a prepararem um jantar muito especial, sob o tema “A Taste Of Portugal”.

Cinco chefs, oito estrelas Michelin, numa única noite (a de 30 de Janeiro) de um evento que recebe, no total, 27 chefs de todo o mundo, representando outras tantas estrelas Michelin.

 Esta distinção da gastronomia portuguesa deve-se à iniciativa do Turismo de Portugal, e um dia antes do jantar (a 29), vai também decorrer uma ‘masterclass’ portuguesa. Um reconhecimento da importância da gastronomia na promoção do país. A noite de Portugal terá um menu de cinco pratos preparado pelos cinco chefs.

Destaque ainda, durante o evento, para uma “Girls Night Out” (dia 3 de Fevereiro), responsabilidade de três chefs femininas e para a “Great British Menu Night”, no dia 6, com cinco chefs britânicos a preparem os pratos da noite.

Poderá consultar mais informações no site do evento www.northcote.com/obsession-2015. CLM




Sábado, 24 de Janeiro de 2015
24.01.2015 - Por Fora de Série, às 12:00

HermesHomme_01.jpg

 

Um sorriso, uma silhueta, um detalhe... ilustradas pelo traço preciso de Damien Florébert Cuypers e destinadas a aguçar o apetite dos mais curiosos enquanto a hora não chega.

 

HermesHomme_03.jpg

 

A contagem decrescente para o desfile da colecção de homem, Inverno 2015 da Hermès já começou e o cronómetro só pára mais logo, concretamente às 19h de Lisboa, 20h de Paris. 

O desfile, a não perder, decorre em directo ao vivo e a cores, precisamente aqui. IQ




Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2015
23.01.2015 - Por Fora de Série, às 18:58

L328-Lt.gif

 

O primeiro leilão de 2015 do Palácio do Correio Velho apresenta obras dos mais importantes artistas portugueses, nomeadamente um acrílico sobre papel de Paula Rego e uma pintura em técnica mista sobre papel de Vieira da Silva.

O Leilão de Antiguidades e Arte Moderna e Contemporânea apresenta 538 lotes, que podem ser adquiridos presencialmente, por ordem de compra, por telefone ou ‘live bidding’ (licitação em tempo real através da internet, um serviço lançado no final do ano passado) e decorrerá nos dias 29 e 29, às 19h00. Antes disso, as peças podem ser vistas em exposição, gratuita e aberta ao publico, nos dias 25, das 15h00 às 20h00, e 26, das 15h00 às 19h00 e das 21h00 às 23h00. Nestes dias também poderão ser apreciadas os lotes do Leilão de Antiguidades Online que decorrerá até dia 30 às 21h00, no site do Palácio do Correio Velho.

A peça mais cara, o lote 191, que corresponde ao acrílico sobre papel de Paula Rego, tem uma base de licitação de 150 mil euros. Depois, o lote 190, técnica mista sobre papel de Vieira da Silva, que vai à praça por 100 mil euros. Seguem-se os lotes 188 e 187 - dois óleos sobre tela, “Corrida de cavalos Deauville I” de Júlio Pomar e “Comboio” de Mário Eloy – ambos com uma base de 60 mil euros. Estes são exemplos das obras mais valiosas, mas este leilão conta também com peças a partir de 30 euros, entre pintura portuguesa e estrangeira, jóias e pratas, escultura, mobiliário ‘art déco’, mobiliário português e estrangeiro, porcelana da china, faiança portuguesa e objectos de colecção.

Tags:



23.01.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

Celle-Saint-Cloud_copyright-Maedi-Frederic-de-Lamu

 

“Goût de France/Good France” é uma iniciativa que, no dia 19 de Março, vai juntar mil ‘chefs’ em cinco continentes para celebrar a gastronomia francesa. Em Portugal, são 17 os restaurantes a associar-se ao evento.

O projecto, organizado pelo Ministério francês dos Negócios Estrangeiros e do Desenvolvimento Internacional e apadrinhado pelo conceituado ‘chef’ Alain Ducasse, tem por objectivo dar a conhecer melhor a gastronomia francesa a nível internacional e, simultaneamente, assinalar a sua inscrição no património mundial da Unesco com um verdadeiro “jantar à francesa” de dimensão planetária.

Alain-Ducasse-stockmans_copyright-Heikki-Verdurme.

 

De Portugal, foram vários os restaurantes a candidatar-se à iniciativa e são 17 os designados pelo júri – presidido por Ducasse – para participar. De Lisboa destacam-se, entre outros, o Belcanto, de José Avillez, o Largo, liderado por Miguel Castro e Silva, o Eleven, dirigido por Joachim Koerper ou o Varanda, do Hotel Ritz Four Seasons, encabeçado por Pascal Meynard. A estes juntam-se o Vila Joya (Dieter Koschina) em Albufeira, a Fortaleza do Guincho (Vincent Farges) em Cascais, o Arcadas da Capela (Albano Lourenço) em Coimbra, o Anfiteatro (Sandro Meireles) em Ponta Delgada e o Poivron Rouge (Jorge Sousa) no Porto.

A lista completa de participantes pode ser consultada no site do evento. IQ

 

Good.jpg

Tags:



Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2015
22.01.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

800x325_great-gallery_RAC.jpg

 

A equipa do Largo do Paço dirige, entre hoje e sábado, a cozinha do restaurante do Royal Automobile Club, um dos mais exclusivos clubes privados londrinos. O convite feito ao restaurante da Casa da Calçada Relais & Châteaux, em Amarante, insere-se numa tradição já consagrada deste clube de cavalheiros  que, todos os anos, desafia um hotel conceituado para apresentar as suas especialidades gastronómicas no restaurante do clube: o Great Gallery Room. No entanto, esta é a primeira vez que a escolha recai sobre um hotel português.

Composta por seis cozinheiros liderados pelo ‘chef’ Vitor Matos, a equipa do Largo do Paço prepara-se para apresentar, já a partir da hora do almoço, um menu especial onde se casam a tradição e as novas tendências gastronómicas, espelhando bem o que de melhor se come neste restaurante amarantino com estrela Michelin. E, o jantar desta noite no Great Gallery Room destina-se exclusivamente a membros do clube, a que se irão juntar alguns representantes governamentais portugueses e ingleses convidados pela Casa da Calçada, pela TAP e pelo Royal Automobile Club.

Parfait de foie gras com figos, maçã, moscatel e pinhões, salmonete com ouriço-do-mar, carabineiro de Sagres e algas, Barriga de leitão com molho de pimenta preta, aipo, batata-doce, cenoura e laranja e pudim Abade de Priscos, tangerina, baunilha, avelãs, alperce e vinho do Porto são algumas das iguarias que fazem parte dos menus de degustação elaborados especialmente para esta ocasião. IQ

Tags:



22.01.2015 - Por Fora de Série, às 11:47

hendrick's.gif

 

O gin ‘premium’ Hendrick's vai abrir uma ‘pop-up store’ em Lisboa, que levará os visitantes numa viagem à época Vitoriana e a um universo bizarro, durante o mês de Fevereiro. Não é a primeira vez que a marca de gin se propõe surpreender os portugueses. “The Hendrick’s Unusual Exhibition” é inspirada na “Great Exhibition de 1851, uma feira universal celebrada em Londres durante a revolução industrial, que apresentou inventos que mudaram o mundo. Nesta mostra temporária, os visitantes vão poder descobrir um ciclóptero frustrado -  uma espécie de espelho mágico que revela o lado ‘unusual’ - e uma banheira vitoriana inusitada. Mas também a invenção do século: o G.O.S.H. (Gin Oscillating Sensory Helmet), que dá a conhecer o gin através da inalação de vapor. E mais, convida a participar em actividades invulgares como Croquete à mesa e Ioga com pepinos e rosas.

As surpresas não terminam aqui: o espaço será animado por personagens da época, como uma acrobata contorcionista, um mestre escapista e o aclamado Homem mais forte do mundo, detentor do recorde mundial de levantamento de pepinos. O cunho dos Storytailors também marcará presença com figurinos Vitorianos/Steampunk.

“The Hendrick’s Unusual Exhibition” vai estar aberta ao público (maior de 18 anos) nos dias 5, 6, 7, 12, 13 e 14 e tem entrada livre mas requer o registo prévio em hendricksunusualexhibition.pt. Depois, é só aparecer no Torreão Nascente no Terreiro do Paço, entre as 8h e a 01h dos dias referidos, e entrar na época Vitoriana.

 

_08A2093.gif

 




Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2015
21.01.2015 - Por Fora de Série, às 18:30

Alessandro_Michele_portrait__1739_low_Courtesy-of-

 

Alessandro Michele é o substituto de Frida Giannini na direcção criativa da Gucci, anunciou hoje em comunicado o grupo Kering, de que faz parte a marca italiana. Uma escolha interna cujos rumores já se faziam sentir há alguns dias e que foi agora confirmada.

O novo director criativo, de 42 anos de idade, estudou na Accademia di Costume e di Moda, em Roma, tendo posteriormente integrado a equipa da Fendi como designer de acessórios. Em 2002 chegou ao departamento criativo Gucci onde acabou por se tornar o braço direito de Frida Giannini em 2011. Razão para se dizer que esta terá sido uma escolha natural... Ou talvez não.

“Depois de um atento e minucioso processo de selecção, Alessandro Michele foi escolhido para assumir o cargo de director criativo da Gucci tendo em conta a visão contemporânea que ele tem para a marca e à qual vai agora dar vida”, defende Marco Bizzarri, o CEO da marca, no mesmo comunicado. Uma ideia que é reforçada também pelas palavras de François-Henri Pinault, chairman e CEO do grupo Kering, quando diz que “Alessandro Michele tem as qualidades e a visão necessárias para dar à Gucci uma nova perspectiva contemporânea e conduzir a marca para um novo e emocionante capítulo criativo da sua história”.

A nova visão criativa do substituto de Frida Giannini, que terá a seu cargo a responsabilidade de todas as colecções da Gucci bem como a da imagem da marca, terá o seu primeiro contacto com o público já no próximo dia 25 de Fevereiro, com a apresentação da colecção de pronto-a-vestir feminina Outono-Inverno 2015-16. IQ

Tags:



21.01.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

Hackett_AMR_Goodwood_268-copy.jpg

 

A Hackett London, que em Novembro passado inaugurou a sua primeira loja portuguesa na Avenida da Liberdade, acaba de anunciar uma nova parceria desportiva, desta vez com a Williams Martini Racing.

Este novo patrocínio prevê que a marca britânica forneça equipamento à equipa da Williams, assim como roupa e bagagem aos restantes membros da mesma, durante toda a próxima época de Fórmula 1 que arranca em Melbourne a 15 de Março com o Grande Prémio da Austrália. Na qualidade de parceira oficial, a Hackett terá ainda o seu logótipo no carro  – um Mercedes FW37 –, nos fatos e capacetes usados pelos pilotos Felipe Massa, Valtteri Bottas e Susie Wolff e também nas t-shirts dos membros da equipa.

A ligação da marca de roupa masculina fundada por Jeremy Hackett ao universo do automobilismo já vem de longe. Aliás, “faz parte do [seu] ADN”, como este diz no comunicado oficial da marca. Desde 2005 que a Hackett é parceira oficial da Aston Martin Racing Team, sendo este, até agora, o seu maior patrocínio. Tendo em conta esta estreita ligação, “é uma honra poder agora trabalhar com uma das melhores equipas de Fórmula 1”, salienta Jeremy Hackett, acrescentando que “a Williams Martini Racing é um símbolo de prestígio e luxo, por isso fazia todo o sentido a Hackett vestir a equipa durante toda época”. Nem de propósito, faz ainda questão de lembrar o seu fundador, a Hackett foi fundada em 1979, “na mesma altura em que a equipa Williams ficou em primeiro lugar no campeonato do mundo, uma grande coincidência... se é que elas existem!”. IQ




Terça-feira, 20 de Janeiro de 2015
20.01.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

The-Yeatman_Piscina-e-Cocktail-Scarlet.jpg

 

Segundo o jornal britânico “The Telegraph”, a piscina exterior do hotel The Yeatman, em Vila Nova de Gaia, é uma das mais espectaculares do mundo. O artigo, publicado no microsite “Men’s Lifestyle Guide”, elege sete piscinas incomparáveis em vários pontos do mundo, sendo a do The Yeatman a única europeia a figurar nesta lista. Além da vista panorâmica sobre a cidade do Porto, os elogios vão ainda para o formato da piscina – a lembrar um decanter – e ainda para a lista premiada dos vinhos disponíveis no bar de apoio à mesma, sem esquecer os tratamentos do spa, especializado em vinoterapia, com assinatura da Caudalie.

Recorde-se que, já em 2012, a piscina do The Yeatman tinha sido destacada pela “Condé Nast Traveler” como sendo uma das 12 mais fantásticas do mundo.

Voltando ao artigo do “The Telegraph”, além da piscina do hotel portuense o destaque vai ainda para a do resort San Alfonso del Mar no Chile, a do hotel The Springs na Costa Rica, a famosa Devils Pool nas Cataratas Vitória, na Zâmbia, a piscina do hotel The Oberoi Udaivilas na Índia, a do resort Jumeirah Dhevanafushi nas Maldivas e a do Golden Nugget Hotel em Las Vegas. IQ

Tags: